Release




TRIO ALVORADA UM NOVO TEMPO NASCEU NO FORRÓ
Foi a paixão de três jovens pela cultura e pela música do nordeste que fez nascer em 2004, depois de
tocarem até o nascer do sol, no réveillon de Trindade, em Parati-RJ, o Trio Alvorada. A estrutura
simples e tradicional do forró pé de serra (sanfona, zabumba e triângulo), surgia com o objetivo de
reviver e homenagear nomes como Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Marinês, Trio Nordestino,
Abdias dos oito baixos e outros grandes mestres forrozeiros que fizeram história no Brasil. Porém,
mais que reviver ou revisitar clássicos, o Trio Alvorada construiu um repertório de canções próprias
que, ao longo de onze anos de história, são celebradas e festejadas pelo público, tanto que já
possuem quatro discos gravados. Foi assim em 2007 na 7ª Edição do Festival Nacional de Forró em
Itaúnas – ES (principal festival do gênero), onde competiram com trios e bandas do Brasil inteiro.
Nessa ocasião, o Alvorada conquistou o 3º lugar com a música Tonelada de Forró de autoria de
Eder Fernandes. Desde então, o Trio vem cativando o publico, seja ao ar livre, na Virada Cultural e
no aniversário de São Paulo (Anhangabaú e Parque do Anhembi), em apresentações pelos SESCs e
SESIs do Brasil, ou em casas de shows e festas populares por todo o território nacional. Em
Setembro de 2015 o Trio fez sua 1ª Turnê Internacional e a Europa foi o lugar escolhido. Foram
dezesseis shows em países como Alemanha, Inglaterra, Suíça, Portugal, França, Itália e Rússia. O
sucesso foi tanto que em maio de 2016 o trio voltou ao velho continente para mais 12 apresentações
de lançamento do seu 5º disco o Raiz Sudestina. O primeiro DVD é uma questão de tempo, um
sonho que logo, logo vai se transformar em realidade. Discografia Final de 2009 o Trio Alvorada
lançou seu primeiro trabalho, o CD "Forró até a Alvorada", onde gravou músicas próprias e algumas
regravações emplacando Tonelada de Forró, Coração Bandido e Forrozinho Bom que são pedidas
até hoje. Já no final de 2011 gravou seu segundo disco "Pode Balançar", com músicas inéditas e
regravações de dois compositores que o Trio sempre admirou como Jota Lima com o Rabo de Foguete
e Benício Guimarães com Macaco me Lamba. Em outubro de 2013 gravou o disco “3” conseguiu
emplacar alguns sucessos entre os Forrozeiros como “Casa de Bebé” de Chuvisco do Acordeon,
“Forró Badalação” de Kim de Oly e” Não me Nota” de Demétrios de Araújo. Em setembro de 2014
comemorando seus 10 anos de existência o Trio Alvorada lança um CD comemorativo com lindos
Baiões e letras bem contemporâneas. É hoje um dos CDS mais badalados por DJs nas pistas de
forró pelo Brasil e principalmente nas pistas Europeias Gravado em abril de 2016 o CD Raiz
Sudestina. Se chama Raiz Sudestina por conta de o Trio ter nascido no São Paulo. Sendo bem fiel
tradições nordestinas com uma linguagem bem contemporânea o Trio conta com novas parcerias e
compositores como Vavá Rodrigues com as músicas Coração Metido a Besta, Cansado de Esperar,
Briguinha A Toa e Cavalo Amarrado.


Discografia

Forró até a Alvorada
Final de 2009 o Trio Alvorada lançou seu primeiro trabalho, o CD "Forró até a Alvorada", onde gravou músicas próprias e algumas regravações.

Pode Balançar
Já no final de 2011 gravou seu segundo disco "Pode Balançar", com músicas inéditas e regravações de dois compositores que o Trio sempre admirou como Jota Lima e Benício Guimarães.

"3"
Em 2013 lança o seu 3º disco intitulado como “3″. 


Trio Alvorada 10 Anos
Comemorando seus 10 anos de existência o Trio Alvorada Lança seu mais novo trabalho com lindos Baiões e letras bem contemporâneas. É hoje um dos CDS mais badalados por DJs nas pistas de forró pelo Brasil e principalmente nas pistas Europeias!

Raíz Sudestina

O Trio Alvorada Lança em 2016 seu 5º disco com um repertório pra lá de Raiz!
Com Músicas maravilhosas representando o verdadeiro forró pé de serra Sudestino. "Tendo em nossas mentes que o verdadeiro forró não tem região, não tem fronteiras, decidimos nomear o cd como Raiz Sudestina!" Palavras de Eder Fernandes vocalista do Trio.


Coletaneas
Participou das seguintes coletâneas:
Festival de Itaúnas 2007 "Tonelada de forró" (Eder Fernandes)
Festival Rootstock 2007 "Tonelada de forró" (Eder Fernandes)
Festival Rootstock 2008 "De Garanhuns a Caruarú" (Zé Duarte - Edvaldo Prata)
Festival Rootstock 2009 "Forrózinho bom" (Eder Fernandes)
Festival Rootstock 2010 "Coração Bandido" (Thiago dos Santos)
Festival Rootstock 2011 "Rabo de Foguete" (Jota Lima)
Festival Rootstock 2012 "Pobre Sanfoneiro" (João Silva)
Festival Rootstock 2013 "Não Me Nota" (Demétrios de Araújo)
Festival Rootstock 2015 "Forró de Respeito" (Parafiso)
Festival de Forró de Ilha Bela 2015 "Coco Sincopado" (Jacinto Silva)
Festival de Forró de Ilha Bela 2016 "Coração Bandido" (Thiago dos Santos)



Um comentário:

Larissa disse...

Tem mta hist ainda p contar hein!? So acompanhando p saber a luta sobre a conquista atual d vcs!!! Parabeeeeeeeeeeeens mininos!!!